VirtualBox


VirtualBox é um software de virtualização desenvolvido pela Oracle, que é muito utilizado hoje em dia, principalmente por suportar gráficos 3d, facilidade de uso, instalação e por estar apresentando melhorias de desenhenho versão após versão.

O aplicativo é multi plataforma (LINUX, windows e mac) e possui 2 tipos de licenças, sendo uma gratuita e outra paga.

Neste post descreverei procedimentos para instalação e utilização do app tanto em Desktops quanto em Servidores Ubuntu.


Instalação no Desktop

Opção 1:
Entre no Software Center, procure por VirtualBox e instale o aplicativo (geralmente a última versão não estará disponível).

Opção 2:
Baixe a versão desejada no site do desenvolvedor e execute o arquivo (versão mais atual) - https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

Opção 3:
Insira o PPA da Oracle para ter a versão mais atual via canal direto. Para tanto, abra o terminal, cole e execute os comandos na sequência (versão mais atual):
echo "deb http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian $(lsb_release -sc) contrib" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/virtualbox.list

wget -q http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian/oracle_vbox.asc -O- | sudo apt-key add -

sudo apt-get update && sudo apt-get install virtualbox-4.2

O "Extension Pack" é instalado separadamente. Para tanto, entre no site, baixe o arquivo e execute-o:
https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads


Instalaçao no Servidor (headless)

No terminal, digite:
sudo nano /etc/apt/sources.list

Cole esta linha no final do arquivo, salve e feche:
deb http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian natty contrib

Execute os comandos abaixo:
wget -q http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian/oracle_vbox.asc -O- | sudo apt-key add -

sudo apt-get update && sudo apt-get install linux-headers-$(uname -r) build-essential virtualbox-4.1 dkms

Para instalar o "Extension Pack" no servidor, copie a URL da última versão, entrando no site do app e clicando com o botão direito sobre o link para download. Agora, no terminal, utilize o comando wget com o link copiado (esse procedimento funciona se você estiver acessando o servidor remotamente via ssh):
wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/4.1.14/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-4.1.14-77440.vbox-extpack

Após baixado o arquivo, instále-o com o comando abaixo (lembre-se de substituir o nome do arquivo pelo baixado):
sudo VBoxManage extpack install Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-4.1.14-77440.vbox-extpack

Tips and Tricks
PS.: Todos os comandos abaixo serão executados no terminal!

Mudar o UUID de um VDI:
VBoxManage internalcommands sethduuid NomeMaquina.vdi

Iniciar e parar uma Máquina Virtual:
INICIAR: vboxmanage startvm NomeVM --type headless
PARAR: vboxmanage controlvm NomeVM acpipowerbutton

Ativar o Remote Display (estou utilizando a porta 5000):
VBoxManage modifyvm NomeVM --vrdeport 5000

Adicionar usuário ao grupo VBoxUsers (para habilitar o usb):
sudo adduser usuario vboxusers

Converter .IMG para .VDI:
VBoxManage convertfromraw -format VDI arquivo.img arquivo.vdi


Converter .ISO para .VDI
VBoxManage convertfromraw -format VDI arquivo.iso arquivo.vdi


Converter .VDI para .IMG
VBoxManage clonehd --format RAW arquivo.vdi arquivo.img


Converter .VDI para .ISO
VBoxManage clonehd --format RAW arquivo.vdi arquivo.iso


Gerenciamento remoto de Máquinas Virtuais (para servidores)

PHP VirtualBox
Apesar de não ser um modo seguro, pois a senha do usuário linux ficará salva em um arquivo php, este aplicativo quebra um galhão em uma rede fechada. Para utilizá-lo, antes de mais nada, é necessário a instalação do "LAMP SERVER" no servidor (utilize o tasksel e BOOMM!!!). O processo de instalação e configuração do php virtualbox consiste em 3 etapas:

1- No terminal, digite o comando abaixo:
sudo nano /etc/default/virtualbox

Cole as linhas abaixo utilizando os dados de seu servidor, salve e feche o arquivo:
VBOXWEB_USER=system user
VBOXWEB_HOST=system ip
VBOXWEB_PORT=18083

2- Baixe o aplicativo (http://code.google.com/p/phpvirtualbox/), decompacte-o, modifique o nome "config.php-example" para "config.php" e abra o mesmo em modo de edição. Modifique as linhas abaixo com as informações de seu servidor:
var $username = 'usuário linux';
var $password = 'senha do usuário linux';

Coloque o ip do servidor onde o vbox está instaldo e mantenha a porta 18083
var $location = 'http://192.168.0.240:18083/';

3- Renomeie a pasta descompactada para phpvirtualbox e cole-a na pasta "www" do servidor onde o VBox está instalado.

Feito isso, basta acessar, utilizando a credencial padrão (descritos abaixo) e modificar a senha para garantir mais segurança.

Endereço de acesso com base no endereço de seu servidor:
http://192.168.0.240/phpvirtualbox

Credencial padrão:
user: admin
pass: admin
VirtualBox VirtualBox Reviewed by Marcos Garcia on junho 06, 2012 Rating: 5

4 comentários:

  1. Amigo e seria possível converter uma VM em ISO e posteriormente instalar esse ISO em uma máquina real, com o SO no estado em que estava na VM (programas e configurações já inclusos)?

    ResponderExcluir
  2. Olá Renato, tudo bem?
    Isso não é tão simples.

    Existem algumas formas de se fazer isso e definitivamente, se a VM for LINUX, o procedimento é muito mais simples (se for ubuntu/debian é ainda mais fácil - neste caso recomendo REMASTERSYS).

    Você não consegue simplesmente converter para iso e instalar com estes comandos do VIRTUALBOX. Para fazer isso eu sugiro duas alternativas:

    1- converta para IMG, faça o boot na máquina com alguma live distro e escreva a imagem (bit a bit - comando dd) no hd onde o sistema deverá ficar.

    2- baixe a distro CLONEZILLA e coloque-a como boot primário de sua VM. Adicione um HD externo via USB nesta VM e ative-o. Faça a réplica da partição neste disco e depois, na máquina onde o sistema deverá rodar, faça o boot pelo CLONEZILLA e restaure através da imagem gravada no HD EXTERNO (site do clonezilla - http://clonezilla.org/).

    Acredito que se vc fizer uma cópia bit a bit (dd) do sistema na máquina virtual para o HD que vai rodar no computador real também daria certo (isso para LINUX), mas não tenho certeza.

    Escrevi de forma bem resumida e rápida para tentar dar uma luz, ok? Se vc tem Ubuntu na vm, utilize o REMASTERSYS, pois é possível criar um backup exato em formato ISO e dai sim utilizá-lo para a instalação em qualquer máquina.

    Agora se vc tem windows em sua vm a coisa complica, pois no boot possivelmente terá muitos problemas de incompatibilidadede hardware (dos que estavam na vm para os reais da máquina) e a dor de cabeça será tão grande que é melhor fazer toda instalação novamente (ou abandonar de vez esta plataforma, ;) ).

    Espero ter ajudado.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pela resposta Marcos.

    Sobre a minha VM, realmente é Linux, no caso o Oracle Enterprise Linux.

    A minha questão é que preciso instalar o sgbd Oracle nessa VM, deixar configurado o banco de dados da minha empresa e se possível posteriormente pegar nesse estado que ela estará e replicar isso para os nossos clientes que forem migrar para Oracle.

    Será que há uma espécie de REMASTERSYS para o Oracle Enterprise Linux? rsrs

    Grato.

    ResponderExcluir
  4. Hummmm.
    Entendi.

    Tempos atrás, quando o desenvolvedor do Remastersys divulgou que estava parando o desenvolvimento do aplicativo (posteriormente foi retomado e hoje encontra-se ativo), surgiu um software que, se não me engano, não era dependente do Ubuntu nem Debian, mas não tenho certeza e não me recordo de seu nome agora.

    A diferença é que ele apenas criava uma distro em cima da que você estava utilizando, ou seja, arquivos pessoais não entravam no pacote, apenas aplicativos instalados. Seu processo de criação também não era nada simples.

    Mas me diz uma coisa, porque você não virtualiza isso para seu cliente?
    Você teria muitas ventagens com um abiente desses virtualizado - backup, replicação, redundância, etc... Eu diria que o VBox não seria a melhor solução de virtualização para produção. Você pode usar, por exemplo, o PROXMOX (kvm) que possui uma interface web de gerenciamento muito completa e é bem estável.

    Espero ter ajudado.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.