CUPS Cloud Print

O Google Cloud Print é uma tecnologia interessante, principalmente no mundo coorporativo, que facilita o compartilhamento e utilização de impressoras diversas. Dentre suas opções, podemos destar a possibilidade de uso na intranet e na internet (a barreira de localidade deixa de existir) e também a possibilidade de uso sem que inúmeros drivers sejam instalados nos computadores convidados.
De modo geral seu funcionamento é simples: você deve instalar a(s) impressora(s) desejada(s) em uma máquina Windows ou MAC (o suporte para o Linux ainda não foi liberado pelo pessoal do Google, porém, a comunidade já deu um jeito para a coisa e o procedimento para a instalação no Ubuntu, por exemplo, é extremamente simples e será abordado em um novo post), ter o Google Chrome instalado, se cadastrar no serviço "Cloud Print", ativar o mesmo no Chrome e compartilhar as impressoras com as contas desejadas.

Claro que, para que os convidados possam imprimir, o computador onde as impressoras estão conectadas precisa estar ligado e com acesso a internet.


Por sua vez, o processo de impressão (fora do navegador - funciona em todas as plataformas) não é tão prático e pode se tornar um transtorno dependendo do volume diário. Se você estiver utilizando o navegador (Chrome, por exemplo) basta utilizar o atalho "ctrl+p", a caixa de diálogo para seleção de impressora aparecerá e BOOOM!!! Basta escolher a impressora compartilhada e mandar bala. Porém, se você for imprimir um documento do LibreOffice, por exemplo, precisará abrir o navegador, entrar no site do Cloud Print, clicar no botão imprimir, selecionar o arquivo e enviar a solicitação.

Saudações LINUXERS, pois o pessoal do Niftiest Software desenvolveu uma solução fantástica para usuários de praticamente todas as distros existentes. Sua solução consiste em adicionar um driver no CUPS para possibilitar que as requisições de impressões feitas pelo sistema também possam enviar documentos para impressoras do Cloud Print de forma transparente, ou seja, as impressoras aparecem como nativas em seu sistema e você pode imprimir de qualquer software instalado sem sair do usual "ctrl+P" (comando de impressão padrão).

O procedimento de instalação no Ubuntu é extremamente simples e consiste em colar o código abaixo no terminal:
sudo add-apt-repository ppa:simon-cadman/cups-cloud-print && sudo apt-get update && sudo apt-get install cupscloudprint && sudo /usr/lib/cloudprint-cups/setupcloudprint.py

Feito isso, algumas informações serão solicitadas, como:
- conta de email que recebeu o compartilhamento de impressoras;
- se deseja adicionar mais do que uma conta;
- um link para autorizar o CUPS Cloud Print será gerado (cole em seu navegador para autorizar e gerar o código de autorização);
- solicitação do código de autorização;
- se deseja que todas as impressoras compartilhadas sejam adicionadas ao gerenciador de impressão;
- se deseja inserir algumas letras antes do nome da impressora para identifica-las.

Pronto, agora basta utilizar a impressora normalmente de qualquer canto do mundo que lhe possibilite um acesso a internet.



O site do desenvolvedor tem o descritivo de como instalar o CUPS Cloud Print em outras distros como CentOS, Fedora, openSUSE, Arch, entre outras. Basta clicar no link abaixo para obter mais informações:

http://www.niftiestsoftware.com/cups-cloud-print/

Apesar do GCP (Google Cloud Print) ainda não estar pronto (versão beta), recomendo a utilização!

DICA:
Se você possui impressoras que funcionam apenas no Windows, crie uma máquina virtual e publique em seu servidor LINUX com uma conta dedicada para o Cloud Print.
CUPS Cloud Print CUPS Cloud Print Reviewed by Marcos Garcia on outubro 01, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.