Linux Mint 15 Cinnamon - Minha opinião ...

Antes de mais nada, deixo claro que essa é MINHA opinião sobre o sistema!

Depois te ter usado o Kubuntu 13.04 desde sua versão alpha 1 (impressionante a estabilidade deste ciclo de desenvolvimento), decidi migrar para o Mint 15 Cinnamon 64 bits no intuito de analisar seu comportamento e também verificar se posso sugerí-lo e instalá-lo em computadores de amigos e clientes.


De cara fiquei impressionado. O sistema vem pronto para uso, está bonito, com tudo onde deveria estar, bugs chatos arrumados, ou seja, esta versão 15 veio para mostrar que o pessoal do Mint não está para brincadeira.

Então o Mint 15 está melhor que o Kubuntu 13.04?
Tal comparação não tem como ser feita pois são sistemas completamente diferentes até em conceito. Eu diria que, se desejar um sistema COMPLETAMENTE CUSTOMIZÁVEL e que lhe dê poder sobre absolutamente tudo através de uma interface gráfica, o Kubuntu 13.04 é o que você está procurando.

Agora, se deseja um sistema menos quebrável, que qualquer usuário possa usar sem mendo e que de cara já está pronto para uso, diria que o Mint 15 de fato ficou no topo do ranking, inclusive em relação ao Ubuntu 13.04.

Digamos que ele tem tudo que o Ubuntu tem de bom, menos as coisas que hoje não estão legais e se mantém mais tradicional.



Sobre o sistema, as coisas que mais me chamaram a atenção foram:
- o gerenciador de impressão voltou a funcionar, pois voltaram para a mesma interface utilizada pelo Ubuntu e com ela você possui total controle sobre sua impressora;

- todas as configurações do sistema agora estão centralizadas no painel de configurações do sistema e nele foram adicionados os modos normal e avançado;

- melhoria considerável na velocidade do sistema, bem como na resposta de componentes do cinnamon;

- os web apps do chrome funcionam sem nenhum tweak, tanto para desktop quanto na lista de aplicativos do sistema (coisa que infelizmente não funciona no Ubuntu até hoje sem algumas modificações);

- apesar de pouco funcional no momento, agora é possível a adição de desklets no desktop;

- o recurso que o KDE possue de busca de temas, papéis de parede, entre muitos outros on-line, foi incorporado no sistema para instalação de temas, widgets, desklets e extenções;

- a central de software teve melhoria considerável para abertura;

- gerenciador de arquivos, NEMO, está cada vez melhor e com tudo que o Nautilus não tinha e perdeu;

- os temas de login do sistema estão absolutamente fantásticos;

- e para finalizar agora existe um aplicativo gerenciador de driver totalmente renovado e polido.


Conclusão:
Eu diria que hoje, de fato, o Mint adquiriu uma maturidade tal que está no topo da lista de recomendações para qualquer usuário. Se a equipe de desenvolvedores continuarem nesta linha teremos versões cada vez mais impressionantes do SO. Não estou desmerecendo o trabalho da Canonical nem rebaixando o Ubuntu, apenas estou mais impressionado com o resultado de seu primogênio.


Linux Mint 15 Cinnamon - Minha opinião ... Linux Mint 15 Cinnamon - Minha opinião ... Reviewed by Marcos Garcia on junho 10, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.