Texto aprovado na CPI dos Crimes Cibernéticos veta bloqueio ao WhatsApp

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos está ligada nos últimos acontecimentos da internet brasileira e, nesta quarta-feira (4), resolveu incluir em seu relatório final um trecho a respeito do bloqueio de aplicativos de mensagens. Com isso, um projeto de lei que trata do bloqueio de serviços de internet usados por criminosos agora conta com um parágrafo que impede o bloqueio de apps de mensagens como WhatsApp, Viber, Telegram, Hangouts e tantos outros. O relatório foi aprovado por 17 votos a 6. 

Na última segunda-feira (2), o juiz Marcel Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, Sergipe, suspendeu o funcionamento do WhatsApp por 72 horas após a recusa do Facebook, dona do aplicativo, em colaborar com investigações sobre o tráfico de drogas. Cerca de 24 horas depois, o desembargador Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, do Tribunal de Justiça do Sergipe, revogou a suspensão e o serviço de mensagens voltou a funcionar normalmente... [leia mais]

Comentários