Mitos e verdades sobre como carregar o smartphone corretamente

Como dissemos na primeira parte deste artigo, muitas das "informações" referentes às baterias atuais ainda são baseadas em baterias mais antigas, e não se aplicam às baterias atuais. Entre elas temos o "vício", que indicava algum defeito interno e causava uma autonomia consideravelmente menor, mas isso não se aplica às baterias de lítio. Não, baterias de lítio não viciam. O que acontece, porém, é que elas chegam a um nível de exaustão tão severo que acabam deixando o usuário na mão em pouquíssimo tempo.  

É a união de dois conceitos que discutimos na segunda parte: a estimativa de ciclos de carga que os fabricantes garantem mais o tipo de uso. Como acontece com qualquer eletrônico, cada componente interno tem uma expectativa de vida limitada, e é natural esperar que eles apresentem defeitos com o passar do tempo. Isso não é um "vício", porém. Dois smartphones idênticos podem apresentar durabilidades completamente diferentes dependendo do tipo de uso, mas é algo que depende muito mais do usuário do que do aparelho em si... [leia mais]

Comentários