Desmistificando o armazenamento na nuvem: Parte 1

Introdução

Quem diria que um dia chegaríamos em um ponto em que não sabemos mais onde colocar informações? Pode vasculhar suas coisas e procurar por fotos antigas da família. Alguns álbuns aqui e ali, no máximo um álbum do casamento dos pais e um por filho quando criança. Hoje tem tanta foto que não se sabe nem onde estão todas. Smartphones sem espaço porque tiramos fotos de cada prato de comida, cada passeio, cada tudo. E note que eu falei apenas fotos… E aqueles documentos importantes que nem sabemos onde estão mais? Comprovantes de pagamentos bancários realizados pelo netbanking, livros digitais, etc. Dói só de pensar na possibilidade de ter o Smartphone ou notebook roubados ou de eles darem defeito. Mas, nem tudo está perdido! Nessa série de posts vamos falar como você pode resolver (ou pelo menos amenizar) o risco de perder toda sua vida digital, organizá-la e de quebra, ficar mais antenado e saber como funciona essa tal de Cloud Storage ou armazenamento na nuvem.


O que é armazenamento na nuvem?

O armazenamento na nuvem nada mais é do que a possibilidade de guardar os mesmos arquivos que você tem em seu computador pessoal e dispositivos móveis na Internet. Toda essa informação fica guardada em servidores disponibilizados por grandes empresas de tecnologia como Google e Microsoft por exemplo. E não se preocupe! Somente você e pessoas que você queira podem ter acesso à esses arquivos. Utilizando esses serviços você pode contar com várias vantagens como:
  • Segurança
    • Seus arquivos ficam protegidos e são acessados através de um usuário e senha, da mesma forma que você acessa seu e-mail.
  • Backup automático
    • Você não corre o risco de perder seus arquivos, eles são salvos em diferentes servidores e as empresas que cuidam deles possuem várias técnicas para manter seus dados intactos.
  • Disponibilidade
    • As informações estão sempre disponíveis, seja por acesso do seu navegador ou pelo Smartphone. Se você precisa acessar algum arquivo que esteja na nuvem, pode fazê-lo de qualquer lugar!
  • Custo zero
    • Muitas empresas oferecem esses serviços com planos gratuitos, com um certo limite no tamanho de armazenamento. Entretanto, se você é um colecionador digital e possui muitos arquivos, há vários planos com custo baixo para aumentar esse limite.
  • Sem instalação
    • Para ter acesso à seus arquivos, não é necessário instalar nenhum programa, basta possuir internet e um navegador como o Firefox ou o Chrome para navegar entre seus dados.

Tipos de serviços

Existem diversos tipos de serviços na nuvem. Alguns possibilitam armazenar qualquer tipo de informação, outros somente fotos ou documentos texto e por aí vai. Outros serviços são mais específicos: Vão desde controle financeiro com cadastro de suas receitas e gastos, agenda de compromissos até operações bancárias e investimentos em fundos e ações.


Conclusão

Essas informações são suficientes para apresentar os conceitos básicos do que é armazenamento na nuvem e algumas vantagens de utilizá-lo. Na próxima parte, falaremos mais dos principais serviços disponíveis para armazenamento e como utilizá-los. Fiquem ligados!


Sobre o autor deste post

Tiago Frazão Valério
Cientista da computação, pós graduando em desenvolvimento para dispositivos móveis, amante de rock e café e apaixonado por empreendedorismo e inovação =D
Desmistificando o armazenamento na nuvem: Parte 1 Desmistificando o armazenamento na nuvem: Parte 1 Reviewed by Marcos Garcia on fevereiro 02, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.